Dias que passam | POEMA | José A. Fernandes ~ Identidade 85 ::

sexta-feira, janeiro 15, 2021

Dias que passam | POEMA | José A. Fernandes

 


Uma homenagem aos que vivem, que amam, nos dias que passam.



Se estiver recebendo a mensagem pelo e-mail, clique aqui para assistir

Alguns dias que nascem,
Com brilhos de sol.
De tão alegres,
Que rogamos com fervor:
"Passa tempo, passa,
Mas passa de vagar"

Outros dias que surgem,
Tão estranhos, tão escuros
Alegria diminuta,
Ou sem motivos pra sonhar.
Sem vida eles se passam
Como tintas no muro,
Ou tão revoltos, 
como tempestade no mar

Dias intermináveis
De sofrimento e de dor.
Vidas partidas,
Corações despedaçados,
Dias sem amor.

Dias que passam
muito devagar.
Gostaríamos que não existissem,
De ter que viver,
De ter que sentir,
De ter que recordar.

Mas os dias passam.
A dor se vai,
Ou ao menos se abranda.
O amor renasce,
O sol aparece,
O sorriso no rosto volta,
A dor se vai.

A todo instante 
o presente se torna passado.
O passado que é eterno,
Nas lembranças que a mente povoa.
Que bom é viver, dar e receber 
Triste é o ser,
 que nunca amou ou foi amado.

Se o tempo não passa,
Se ele teima em divagar,
Procure as coisas boas
Mesmo que pareçam impossíveis.
Olhe ao redor,
Ame os de perto,
também os de longe...
E você vai ver que tudo melhora,
Quando você aprender 
Viver e amar nos dias que passam.

Clique aqui!

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...