O que eu achei do Kindle? | José A. Fernandes ~ Identidade 85 ::

quinta-feira, outubro 29, 2020

O que eu achei do Kindle? | José A. Fernandes




Há algum tempo comprei um Kindle e, depois de algumas leituras, quero falar o que achei dele pra vocês!

Eu sempre preferi (e continuo preferindo) ler o livro físico, como muitos de vocês devem fazer também. Gosto do cheiro do livro, de manusear, de "sentir" a leitura. Mas, nesses tempos de multimídias, resolvi aderir ao Kindle, já que eu tinha muitos e-books no computador e muito pouca vontade de ficar lendo em sua cansativa tela.


Foi o que me levou a comprar um Kindle: a esperança de ler o que já tinha acumulado e que ainda poderia acumular de livros e textos, de forma mais confortável e, o principal, portátil. Há quem diga que atualmente podemos levar uma biblioteca para qualquer lugar que formos e lermos em qualquer momento. Podemos ler no ônibus, enquanto esperamos na fila do banco, antes de reuniões e por aí as possibilidades se multiplicam. 

Nada é mais verdade nesse mundo cyberespacial do Kindle. Com ele é possível enviar quase 500 mil e-books apenas em sua versão de 8 giga (multiplique isso na versão de 32Gb)! 

Já em relação à comodidade, a vantagem é enorme. A tecnologia antirreflexo, com luz embutida, utilizada em todos os modelos de Kindle impede que a tela canse a vista depois de algum tempo. Nos últimos dias eu tenho ficado um bom tempo lendo nele, sem que isso estresse minha vista ou provoque algum dano por luz intensa refletindo direto. Outra vantagem é que o modelo Paperwhite e o Oasis são a prova d'água. Ou seja, você pode sentar na banheira, colocar uma música suave de fundo e ficar lendo; se ele cair por acidente, você tem até 60 min para tirá-lo da água (risos)!

No dispositivo é possível aumentar ou diminuir o tamanha da letra, fazer anotações, buscar num dicionário ou no Wikipédia e sublinhar partes importantes. Outra coisa que achei legal é que é possível colocar em "modo noturno". Isso deixa mais confortável em alguns ambientes. De qualquer forma, seja físico ou lendo no Kindle, é sempre importante ter luz adequada, para evitar outros problemas na vista.  


O Kindle é um dispositivo bem direto no que se propõe: ele é feito para leitura! Então, dentre as suas funções você só vai encontrar o necessário para esse objetivo. Não há como instalar outros aplicativos, além das funções que ele já tem - a não ser alguns dicionários ou coisas do mesmo tipo. Ele acessa a internet (inclusive para poder buscar e comprar no shop de e-books da Amazon), mas não há navegador e nem é possível fazer outra coisa que não seja relacionada à leitura.



O dispositivo aceita o formato MOBI, oficial do Kindle, além de PDF, documentos do Word, ePubs e imagens em alguns formatos. Esses arquivos precisam ser enviados para um e-mail particular do dono do Kindle que é fornecido pelo Kindle e fica disponível na sua conta no site da Amazon (por ex.: fulano_de_tal@kindle.com). Ao mandar um arquivo é possível pedir para o Kindle converter para o formato oficial MOBI: você pode mandar um arquivo Word, por exemplo, e pedir para ele converter para Kindle. Mas aprendi que é melhor testar o arquivo no formato original antes, porque às vezes ao converter ele deforma alguma coisa ou mesmo fica ilegível.

Outra coisa é que os livros a serem enviados por esse sistema do e-mail não podem ter mais que 50 megabytes. Isso é um problema quando o livro foi escaneado ou quando ele tem muitas imagens. Uma solução é conectar o seu dispositivo direto no computador e enviar os arquivos para a pasta "documents" (dica que aprendi com Erik Correia, amigo do Facebook). Outra solução que eu encontrei nesse caso foi usar algum programa para dividir o e-book em partes menores, o que não chega a ser um grande inconveniente - a menos que você não saiba como fazer isso.

Você também pode comprar e-books pelo site Amazon e receber diretamente no dispositivo. Outra possibilidade, claro, é comprar pela Loja Kindle que é acessada diretamente pelo dispositivo. Você escolhe o livro que quer e baixa na hora. Outra forma ainda é ficar de olho aqui no blog ou em nossos grupos, onde sempre postamos livros (físicos e e-books) em promoção! 

Existes quatro versões de Kindle: 

Kindle. Mais simples e mais em conta (R$349,00), menor (167 ppi, tela de 6 polegadas, antirreflexo), que não é à prova d'água. 
Para comprar esse modelo, acesse: https://amzn.to/3mBMNgj

Kindle Paperwhite: com valor mediano (R$499,00), com 8 Gb e 32 Gb, 300 ppi, tela de 6 polegadas, antirreflexo, à prova d'água.
Para comprar esse modelo, acesse: https://amzn.to/35QrUYR

Oasis. Versão mais cara, 300 ppi, tela de 7 polegadas, antirreflexo, , à prova d'água.
Para comprar esse modelo, acesse: https://amzn.to/35Q6Rpi

Eu comprei a versão Paperwhite de 8Gb e não creio que me falte espaço pros e-books, pelo menos não tão já!

Veja um vídeo sobre ele!


Caso tenha se interessado, por favor, considere comprar pelos links que indicamos ao longo da postagem e ajude a manter nossos projetos!
kindle a prova dagua

kindle a prova dagua

Clique aqui!

Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!