Identidade 85 ::

sábado, fevereiro 15, 2020

RESENHA: Elvis Presley e a Revolução do Rock | José A. Fernandes




Já a algum tempo eu pretendia fazer uma resenha em vídeo pro canal, mas, no fim, um texto para o blog também vai bem. Então quero falar sobre o livro "Elvis Presley e a Revolução do Rock".

Esse é um livro já conhecido de muitos fãs de Elvis no Brasil, mas acho que dialogar sobre ele seja interessante. Até para entender quando os desejos de falar sobre assuntos pessoais superam a necessidade de focar no tema principal, que dá título ao mesmo.

O livro começa bem. Sebastian Danchin faz um histórico que acho até justo sobre o passado "obscuro" do futuro empresário de Elvis, o irlandês Andreas Cornelius van Kuijk, que viria a se chamar nos EUA de Coronel Tom Parker.  Também acerta quando fala no surgimento do fenômeno Elvis Presley. Por isso, no primeiro terço do livro, parece que as coisas estão indo "de acordo", que o autor está interessado em falar de ELVIS, do ROCK e a relação entre os dois, desde o nascimento do ritmo em suas origens até o surgimento do cantor sulista que conquistaria multidões e seria chamado de Rei. 

Ele constrói uma análise forte e profunda do impacto do Rock e de Elvis sobre a cultura tradicional e conservadora norte-americana. Analisa de forma interessante a reação das classes conservadoras, inclusive os ataques ao cantor e o fato de ele ser original do que chama-se em alguns círculo de white trash (lixo branco) sulista. Dá atenção a maneira como esse mesmo sulista conquistou a fama e subverteu a ordem em mais de uma ocasião.

Segue de forma interessante pela demonstração de como o Coronel  transformou seu "pupilo", de símbolo da "rebeldia" em um "Elvis inofensivo", inclusive em um "patriota" ao entrar para o Exército americano em 1958. Isso acontece ao mesmo tempo que procura mostrar a "morte" do rock clássico e também do Elvis rocker

Até aí tudo bem. O problema é que do segundo terço do livro em diante o autor começa a perder completamente o foco. O foco deixa de ser, adivinhem, o rock e a relação de Elvis com ele!

O autor passa a se concentrar demais na pessoa Elvis, no seu status em Hollywood, na sua "decadência", na sua "melancolia", nas questões envolvendo as drogas (legalmente prescritas, mas usadas em exagero) e a sexualidade, em seu casamento "mal fadado" com Priscilla - esse último ponto segue com descrições e detalhes dos muitos relacionamentos de Elvis, especialmente Linda Thompson e Ginger Alden. 

Essas coisas, sem dúvida, geram curiosidade em quase todo mundo que lê sobre um superstar como Elvis. Mas não poderia de forma alguma desviar a atenção do autor, que, na minha opinião, se perde completamente do assunto principal no último terço do livro. Não há mais rock, nem que seja para mostrar o distanciamento de Elvis a maior parte do tempo desse estilo musical. Não há preocupação com a complexidade musical de Elvis nos anos 1970, com seus altos e baixos. O foco fica demasiado nos baixos, nas infelicidades, nos azares, na "decadência" mais de uma vez - parecendo o autor fazer alguma coisa como futurologia ao tentar mostrar o destino marcado e já definido de Elvis desde pelo menos 1972 ou 1973, rumo à fatalidade de 16 de agosto de 1977.

Mais uma vez, na minha opinião, parece que o autor se perdeu e não conseguiu mais voltar. Deixou passar uma oportunidade incrível de fazer uma análise tão boa quanto demonstrou que poderia ter feito da última década musical de Elvis. Ele, no fim, se deixou seduzir pela facilidade das afirmativas mais "comerciais", aquelas que vendem mais, ao evocar lugares comuns e mesmo se ater às desventuras já tantas vezes exploradas (mas nem sempre verdadeiras) de um cantor tão rico, do início ao fim de sua carreira. 


Assista:
Se estiver recebendo no e-mail e não conseguir ver o vídeo, clique aqui.


O livro
 livro elvis e a revolução do rock


Compartilhar:

Inscrições abertas para o CURSO GRÁTIS Educação Especial: Histórico, Políticas e Práticas!




Mais um curso está sendo oferecido pela UFSCAR, dessa vez com tema Educação Especial. É gratuito, com certificado de 30 horas!



Carga horária: 30 horas
Natureza: aberto, sem tutoria
Público: Professores da Educação Básica e da Educação Superior, Gestores Educacionais, Servidores Técnico-Administrativos, estudantes de todas as áreas do conhecimento e comunidade em geral.

* preciso se cadastrar no site para ver mais informações do curso 


Para mais informações e inscrições: 

Assista ao nosso vídeo sobre Intolerância!
Se estiver recebendo no e-mail e não conseguir ver o vídeo, clique aqui.


Dica de livro:
 livro didática e prática de ensino
Didática e Prática de Ensino de História
Selva Guimarães
Clique aqui!

Compartilhe essa postagem:

quarta-feira, fevereiro 12, 2020

VÍDEO: A Discografia de ELVIS [OU o que você PRECISA OUVIR] | José A. Fernandes





Falar da discografia de ELVIS é tão fascinante quanto difícil, já que existem milhares de lançamentos (oficiais ou não; originais ou coletâneas) e, dependendo da época e do lugar, uma infinidade de variedades de um mesmo disco também. Para simplificar a vida de quem assiste, que nem sempre é um "iniciado no mundo elvístico", nesse vídeo fiz uma seleção dos ÁLBUNS que acho que todo mundo PRECISA OUVIR para conhecer ELVIS. 

Por questão de tempo e espaço, não poderia incluir dessa vez os singles e EPs, além das diversas variações dos discos, que ficam para uma outro vídeo.  


Se estiver recebendo a mensagem pelo e-mail, clique aqui para assistir


:: APOIE-NOS! https://apoia.se/joseafernandes

:: Ou se quiser, FAÇA UMA DOAÇÃO via Paypal: http://bit.ly/DoarJoseAF

Se procura itens de ELVIS com preços promocionais, clique aqui ou na foto abaixo!  clique para ir! 



Compartilhe:

terça-feira, fevereiro 11, 2020

Curso gratuito Justiça e Diálogo Social está com inscrições abertas!




Estão abertas as inscrições para o curso "Justiça e Diálogo Social", mais um oferecido pela Fundação Demócrito Rocha. Ele é gratuito, com certificado e tem carga horária de 140 horas!


O curso Justiça e Diálogo Social tem como finalidade promover qualificação integrada e aperfeiçoamento do debate social, com base em ferramentas de democracia participativa, tendo como eixo principal, aproximar a sociedade em geral no âmbito do fortalecimento das ações do Programa Celeridade do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará. 

As ações serão implementadas por meio de ferramentas pedagógicas (conteúdo escrito apresentado em libretos, aulas-docs, radioaulas e fascículos) e por meio de ações integradas de educação a distância. Hoje, nos primórdios do século XXI, o debate social aperfeiçoou-se. A comunicação em massa e em rede tornou-se um processo instantâneo, dinâmico e diverso. O diálogo entre segmentos sofisticou-se de tal forma que o resultado pode implicar uma formação, informação ou deformação de conceitos. 


Qualificar esses atores para o diálogo democrático é o grande desafio para este século. A partir dessa análise, a Fundação Demócrito Rocha desenvolveu ações que se baseiam no tripé Educação, Mobilização e Comunicação. A educação está presente na construção de conteúdos voltados ao entendimento da situação abordada e na utilização de ferramentas pedagógicas para disseminação do saber entre todos os envolvidos. A mobilização se revela na tecnologia social de envolver, de forma catalisadora, a população do Estado. A comunicação vem pelo envolvimento da mídia espontânea gerada em caráter estadual e local.

Público: Professores, educadores sociais, sociólogos, pesquisadores, gestores, servidores públicos, integrantes das organizações da Sociedade Civil (OSCs) e de movimentos comunitários, estudantes e demais interessados pelo tema.
Carga horária: 140h.
Conteúdo: 12 módulos, cada um sob responsabilidade de um conteudista.


* É preciso se cadastrar no site para ver mais informações do curso 


Para mais informações e inscrições: 

Assista ao nosso vídeo sobre o que é DITADURA!
Se estiver recebendo no e-mail e não conseguir ver o vídeo, clique aqui.


Dica de livro:
 livro justiça social
Antonio David Cattani
Clique aqui!

Compartilhe essa postagem:

domingo, fevereiro 09, 2020

Inscreva-se no CURSO GRATUITO "Docência em EaD" da UFSCAR!



A UFSCAR está oferecendo o curso Docência em EaD: Planejamento Pedagógico de Disciplinas. É à distância, totalmente gratuito e com certificado de 20 horas!



* preciso se cadastrar no site para ver mais informações do curso 


Para mais informações e inscrições: 

Assista ao nosso vídeo sobre Intolerância!
Se estiver recebendo no e-mail e não conseguir ver o vídeo, clique aqui.

Dica de livro:
 livro didática e prática de ensino
Didática e Prática de Ensino de História
Selva Guimarães
Clique aqui!

Compartilhe essa postagem:

sábado, fevereiro 08, 2020

O IFRS oferece CURSO GRATUIDO EAD de Audiovisuais: Arte, Técnica e Linguagem!



O curso Audiovisuais: arte, técnica e linguagem é oferecido pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul. É à distância, gratuito e com certificado!


Carga-horária: 60 horas
Prazo mínimo para obtenção do certificado: 8 dias
Público-alvo: técnicos em audiovisuais e demais trabalhadores em escolas
Requisitos: estar atuando em instituição de ensino, ensino superior incompleto, compreensão de leitura e escuta em língua portuguesa, possuir computador com recursos de áudio e vídeo, possuir e saber manusear o leitor de arquivos PDF.
Módulos: 07
Metodologia: sem tutoria
Instituição: Rede e-Tec Brasil
Nível: básico
Idioma: português. 


* preciso se cadastrar no site para ver mais informações do curso 


Para mais informações e inscrições: 

Assista ao nosso vídeo sobre Intolerância!
Se estiver recebendo no e-mail e não conseguir ver o vídeo, clique aqui.


Dica de livro:
 livro didática e prática de ensino
Didática e Prática de Ensino de História
Selva Guimarães
Clique aqui!

Compartilhe essa postagem:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Humanos

Digite e tecle Enter para buscar!