A importância do Dia D na história na Segunda Guerra Mundial | Heitor Henrique ~ Identidade 85 ::

sábado, junho 06, 2020

A importância do Dia D na história na Segunda Guerra Mundial | Heitor Henrique




Hoje é seis de junho de 2020: há exatamente 76 anos atrás, no ano de 1944, acontecia uma das maiores manobras militares da História da humanidade: o desembarque na Normandia (costa Norte da França) dos Aliados (E.U.A., Inglaterra e França) para combater os exércitos de Hitler na Segunda Guerra Mundial.

A Segunda Guerra Mundial é o maior conflito bélico da História humana e teve como consequência um saldo de mais de 55 milhões de mortos. Nesta guerra os Aliados, formados pela Inglaterra, França, Estados Unidos e União Soviética, combatiam as forças do Eixo (Alemanha, Itália e Japão), que representavam sistemas políticos totalitários de extrema direita.

Desde o início da guerra em 1939 até meados de 1942, os exércitos de Hitler acumulavam vitórias e sucessos. Na frente leste, a partir deste ano, os exércitos de Hitler começaram a sofrer as primeiras derrotas diante do exército vermelho de Stálin. A cidade de Stalingrado representou um ponto de virada e a partir de então a marcha dos alemães, rumo ao leste europeu, foi interrompida e os mesmos começaram a ser empurrados de volta, rumo a oeste. Com o passar dos meses os alemães iam sendo derrotados pelos soviéticos, mas a duras penas para a U.R.S.S, que desgastava sozinha suas forças armadas na batalha contra Hitler.

Em novembro de 1943, depois de um ano e meio de guerra na frente leste, Stálin pressionou os demais líderes aliados (Roosevelt e Churchill) na Conferência do Teerã para a abertura de uma segunda frente de batalha no Oeste, para que o fardo da luta contra os alemães não ficasse apenas a cargo de seus exércitos. E dessa reunião ficou acertada a operação do Dia D.

A Operação Overlord que abriu a segunda frente de batalha contra os alemães no oeste ocorreu no dia 6 de junho de 1944, com o desembarque de uma grande força conjunta aliada no Norte da França. Devido à grande importância da operação, a mesma recebeu o nome de Dia D e foi liderada pelo General norte-americano Dwigth D. Eisenhower, que seria depois presidente dos Estados Unidos entre 1953 e 1961. 



A invasão foi um sucesso, abrindo uma segunda frente de batalha e ajudando a empurrar parte do já cansado exército alemão em retirada para seu território original. Pra se ter uma ideia, até agosto do mesmo ano de 1944, os Aliados libertaram Paris e, consequentemente a França; nos primeiros meses do ano seguinte venceriam finalmente a Alemanha, decretando o fim da guerra no ocidente. Claro que não se deve dar todos os créditos ao Dia D, afinal, a U.R.S.S. já vinham sacrificando um grande contingente para vencer Hitler, mas, sem dúvida, a invasão da Normandia foi uma soma decisiva nos esforços para vencer o Eixo. 

A título de curiosidade, a operação é bem retratada nos filmes hollywoodianos, como, por exemplo, no muito famoso filme O Resgate do Soldado Ryan, de 1998, dirigido por Steven Spielberg; também é assunto de seriados como Band of Brothers, ou ainda de jogos de vídeo game, como Call of Duty (WWII).



Após isso a expressão “Dia D” se tornou tão representativa que passou a ser utilizada de diferentes maneiras, em diferentes locais e épocas mundo afora em relação a datas de grande importância. Sempre que se tem um grande evento, logo usam o genericamente slogan Dia D – desde finais de eventos esportivos a grandes dias de combate a algum “inimigo”, como ocorre em dias de vacinações em massa.

Caso queira, temos um outro texto sobre o Dia D, com fotos dos desembarques, é só clicar aqui.


Dica de livro:

 o dia d livro
Antony Beevor
Clique aqui!
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Humanos

Digite e tecle Enter para buscar!