Um girassol e um beija-flor | Pâmela da Silva e José A. Fernandes ~ Identidade 85 ::

terça-feira, novembro 03, 2020

Um girassol e um beija-flor | Pâmela da Silva e José A. Fernandes


 
Era uma vez um lindo girassol que estava em um lindo jardim. Por lá passava um beija-flor cantor, que cantava e encantava a todos a sua volta.

Um belo dia ele encontra o girassol, que era tão belo como a luz, tão lindo como o Sol. Ele estava triste, sem vida a mirar para o chão, caído em desalento e dor.

Aí o girassol disse para o beija-flor: "cante beija-flor, para que eu possa florescer novamente". 

Aí o beija-flor respondeu: "não posso cantar, pois de tanto cantar, estou sem voz".

O girassol então disse consternado: "poxa, minha tristeza me consome, nunca mais voltarei a resplandecer".

A luz do girassol estava se apagando, quando então o beija-flor resolveu cantar novamente, para que seu novo amigo ficasse contente. Foi então, num momento de vida a resplandecer, que o belo ficou lindo novamente, florescendo de repente.


* Pâmela da Silva é minha sobrinha (de José) e esse poema faz parte de um projeto dela. Se gostaram, compartilhem e ajudem a espalhar.

Mário de Andrade
Clique aqui! 

Caso queira apoiar nossos projetos:


:: Ou se quiser, FAÇA UMA DOAÇÃO via Paypal: http://bit.ly/DoarJoseAF

* Imagem do topo montada a partir de imagem da internet.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...